sexta-feira, 12 de dezembro de 2008

Pensamentos...



I


Se às vezes me deparo pensando

Vejo aquela ponte...

O céu no tom do mais puro azul refletido na água

A brisa ainda leve de inicio de verão.

Sento me, ali sobre as pedras, toca a água com os pés...

E somente admiro a paisagem...

Olha para a ponte novamente

Vejo me vestida de branco sobre ela

Aproximo da borda e então já estou sobre ela

De costas para...

Apenas um impulso e o corpo a cair

O corpo somente cai, sem fim...

E o pensamento some...

Volto para o carro e sigo...

Mas este pensamento voltará toda vez que passar sobre aquela ponte.



II


Decidi tornar me sóbria, pois a loucura que consome tornou se a fúria em mim...
Procurei buscar do alto as respostas para perguntas que agora não fazem o menor sentido...
Caminhei por entre espinhos, rasgaram me a carne, fizeram feridas, algumas cicatrizaram, outras ainda sangram...
Sonhei... Ah doces sonhos... Se tornaram minha feliz realidade e meus tormentos noturnos...
Andei, cai, me levantei e continuo...



Ana paula Quitério

2 comentários:

ρoësis disse...

Ainda que os sonhos possam desfalecer, deve-se sempre sonhar. Sonhemos juntos Ana!

=]

Borboleta de sonhos disse...

Oi, Aninha!!
Seu blog tá lindo!