terça-feira, 23 de fevereiro de 2010

Sertões


Terras alagadas dos sertões,
Escolhem ficar entre o fim do mundo ou no poço profundo.

De onde viriam? De onde vem essa devastação?

Recolhem-se os olhares reprimidos e as mãos calejadas;
É chagada a hora da partida.
Já não resta mais nada além de lama e solidão.

Por dentre vales perdidos ainda alguma esperança?

Sem rumo seguem pegadas em pleno deserto;
Miragens secas e paisagens ao “Deus dará”;
De onde vêm? Para onde irão?
Apenas de pés descalços ao chão...

E assim sopra o vendo sem direção...
Condutor dos viajantes sem paradeiro,
Destruidor dos rastros daqueles que por aqui ainda passarão...

Errantes seguidores desse caos;
Pequenos maculados por esse chão árido,
Tão cedo com destinos traçados entre ficar ou partir.

Ana P. Quitério 

Fica aqui uma postagem para os sem paradeiro e para aqueles que sentem a incrível necessidade de partir...
Buscam por outros lugares e novos horizontes, buscar sair de onde estão e enfrentar o mundo, para aqueles que sentem no fundo de seu coração que no lugar onde estão não é realmente o seu lugar.

7 comentários:

Bleeding_Angel disse...

E qntos naum se sentem assim, naum eh msm?
Deslocados, perdidos, sem saber ao certo qual o seu lugar.
Na vdd, acho q todos sabem onde eh seu lugar e, se ainda naum souberam, devem ao menos procurar ter a coragem, a atitude de busca-lo e isso, isso custa mto pra algumas pessoas.
E enqnto isso, nesta indecisaum, estas pessoas akbam fikndo paradas, sem tomar uma atitude e, consequentemente, decidiram naum decidir.
Ateh msm naum decidir, eh uma decisaum.
Bjos.

LUCIMAR SIMON disse...

Linda postagem Aninha que bom ter vc de volta e com louvor é claro adorei o post, e sim as vezes mesmo em um só lugar me sinto um errante e foi neste poema linda que me identifiquei "um errante sem chao ou estrada"

beijos...

Ana disse...

Lukas na verdade o que nos prende é o medo de seguir, parece que estamos de certa formas presos...
Mas ter a coragem de enfrentar isso e sair por ai em busca do seu lugar é ter muita coragem, coragem para enfrentar tudo o que vier... E eu sinceramente admiro essas pessoas...
Mas há decisões de ficar que as vezes não são nem por nós mesmos, somos obrigados, e às vezes nos sentimos tão ligados a algum local que se sairmos dele nunca nos sentiremos completos...

Beijosssssssssss

Ana disse...

Simon obrigada pelas tão boas vindas...
Acho que eu tambem sou assim meio errante, mas errante em pensamento, pois às vezes quero estar em tantos lugares, e em pensamento me transporto para eles...
Beijossss

Fausto disse...

Concordo com tudo que você disse...obg pelo comentario no meu blog...vo ser visitante presente aqui...Bjos

Zeroglota disse...

Kaaaaaaaaaaaaaaaaaaaara!
Caaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaara
Caramba!
Se tiv lido antes este texto, diria que o meu foi um simples comentário deste aqui.
Perfeita observação.
E a procura é de todos.
Confeço,fui pego de surpresa.
Não estou sabendo o que dizer,
Vc é 10
Não,vc é muito mais.
beijos!

ivone fonseca disse...

Verdade aninha este mundo grande e cheio de variações as vezes parece minusculo perto de nossas excitações e vontades de mudar... Nem como ciganos alcançariamos o extremo de nossas viagens pq na verdade estas necessidade não esta fora de nós mas dentro.. no mais intimo de nossas emoções.