segunda-feira, 17 de agosto de 2009

Pedra Preciosa



Um pesquisador de jóias e pedras preciosas estava viajando, como de costume em busca de algo novo.

Quando resolveu parar e pedir um copo de água em um casebre à beira da estrada.

Bateu à porta e uma mulher vestida com roupas bem surradas lhe atendeu.

Prontamente se dispôs a saciar sua sede.

O homem parado começou observar a pobreza da família e sentiu-se penalizado, pensou em ajudá-los...

Olhou em volta para tentar descobrir o que poderia fazer por eles;

Onde estaria a sua maior dificuldade ou necessidade para que pudesse fazer alguma coisa.

Foi então que algo curioso aconteceu! Pouco mais adiante dele.

Brincando feliz no terreiro, estavam duas crianças sujas de terra dos pés à cabeça e rodando algo que lhes faziam muito feliz:

Uma velha enorme pedra empoeirada... O homem observou aquilo e achou interessante como duas crianças poderiam se

divertir com algo tão peculiar. Mas... Acabou notando que de peculiar ali não tinha nada, aquilo era nada mais nada menos,

que uma enorme pedra preciosa que valia uma fortuna e eles inocentemente estavam jogando-a de um lado para outro no quintal.

Enquanto passavam necessidades que com um pedacinho só daquela pedra poderiam suprir... Aquela família precisava

apenas de alguém que lhes ajudasse a perceber o valor daquilo... E ali estava o homem, agora só dependia deles aceitar ou não, sua ajuda...


Desconheço o autor.

4 comentários:

Lucimar Simon disse...

A mulher prontamente o atendeu, ele estava com sede, e as crianças brincavam felizes com uma pedra,
quem realmente precisava de ajuda ne Aninha?

belo texto beijos

O Profeta disse...

Não me queres dizer onde mora o teu sorriso
Ausente do incontido abraço
Ausente das palavras felizes
Envolto em nuvem escura no espaço

Não me queres dizer o rumo
Que leva ao teu terno coração
Não me queres abrir as portas
Da cor vibrante da paixão?



Bom fim de semana



Doce beijo

Ana disse...

Lucimar como é bom reencontrá-lo aqui...
Pois é, essa estorinha nos faz pensar muito...
Quem realmente precisa de ajuda? Aí vai depender do ponto de vista que cada pessoa tem sobre essa estorinha...

Beijosssss

Ana disse...

Profeta é sempre bom tê-lo aqui com seus belos poemas...