sexta-feira, 27 de março de 2009

Voe mais alto

Voe mais alto

Logo após a 2ª Guerra Mundial, um jovem piloto inglês experimentava o seu frágil avião monomotor numa arrojada aventura ao redor do mundo.

Pouco depois de levantar vôo de um dos pequenos e improvisados aeródromos da Índia, ouviu um estranho ruído que vinha de trás do seu assento.

Percebeu logo que havia um rato à bordo e que poderia, roendo a cobertura de lona, destruir o seu frágil avião.

Poderia voltar ao aeroporto para se livrar de seu incômodo, perigoso e inesperado passageiro. Lembrou-se, contudo, de que os ratos não resistem a grandes alturas.
Voando cada vez mais alto, pouco a pouco cessaram os ruídos que quase colocaram em perigo a sua viagem. Moral da estória:

Se o ameaçarem destruir por inveja, calúnia,
maledicência, diz que diz. voe mais alto.

Se o criticarem, voe mais alto...

Se fizerem injustiças a você, voe mais alto!!!

Lembre-se sempre que eles não resistem
às grandes alturas ...

Autor Desconhecido

3 comentários:

litafigueiredo disse...

Lindo, Aninha!
Como essa moral da história se aplica ao nosso querido Lucas... tenho a impressão de que vc dirigiu esta postagem a ele.
Vc tem uma fidelidade enorme ao nosso amigo, como vc o ama e respeita!
Beijos, eu tbm lhe amo, viu?

Val Falcão disse...

"Voe mais alto"

..:Éryka:.. disse...

Nossa, esse texto é perfeito.
Se te dizem que é impossivel voe mais alto e mostre que o impossivel so existe na mente de pessoas que possuem limitaçoes.