terça-feira, 17 de março de 2009

SAUDADES!


Saudade é não saber. Não saber o que fazer com os dias que ficaram mais compridos, não saber como encontrar tarefas que lhe cessem o pensamento, não saber como frear as lágrimas diante de uma música, não saber como vencer a dor de um silêncio que nada preenche.

Martha Medeiros

8 comentários:

Lucimar Simon disse...

Essa palavra parece ser simples, mas as vezes possui uma complexidade e uma dimensao enorme, quizera eu poder explica-la sem rolar uma lagrima sequer dos olhos,

beijos, Ana

Lucas Nietzel disse...

Tudo pode ser esquecido como o que jah se foi...

ivone fonseca disse...

Desculpe_me a invasão mas devo acrescentar q saudade é ter de arrumar o quarto do filho q morreu... Parabens pelo blog .. me encantei..

Ana disse...

Meu anjo não sei o que te dizer...
Mas esquecer quem se ama é impossível!

Ana disse...

Ola Ivone... Seja bem vinda!

Adorei a "invasão"...
Imagino o quanto deva ser doloroso perder um filho e ter que ficar apenas com as doces lembranças...

Ana disse...

Lucimar saudades é uma palavra de dimensão infinita, impossivel não sentir-la... E as lágrimas sempre virão aos olhos quando essa saudade apertar...

litafigueiredo disse...

Saudade é uma dor que dói sem que nunca vá parar de doer, pode o tempo passar, pode continuar-se a viver, mas saudade não para de doer... quem sente, sabe!

..:Éryka:.. disse...

Saudades é uma palavra tao pequena porem carrega tao sentimento consigo. A lembrança de algume querido pode ser dolorosa, mas que tal em vez de esquecer a distancia, a morte e pensar nos momentos bons que se teve da pessoa?
é bem menos doloroso e melhor.

Bem... eu mudei a url de novo.*corre*

http://fdoze.blogspot.com/

é esquisita porem melhor que a anterior.
beijos minha querida.