sábado, 14 de março de 2009

Carta ao meu amor



Não conhecia a tua face e mesmo assim apaixonei me por ti...
Não preciso saber seu nome, endereço, ou ver tua face...
O meu coração sempre o soube...
Nome: amor, endereço: coração, tua face: um anjo sereno!
Quis ele, meu coração, escolher a ti para amar...
Um amor que não mudará!
Que de intenso, puro, zeloso quis buscar te em outro mundo...
Talvez por brincadeira o destino colocou nos em ilhas diferetes e temos um imenso mar...
Esse sentimento que está aqui me faz crescer!
Será sempre o mais puro amor!
Hoje não posso tocar-te, mas sei que ao teu coração um dia toquei,
E digo que é o mais belo dos corações que amei, que amo!
Amo-te pois ensinou me a não ser mais inteiramente "eu", mas a ser metade de mim e metade de ti...
E aqui da minha ilha eu grito: "Ainda vou te encontrar!"
Não é utopia, mas é muito bom te amar!




Ana

3 comentários:

Borboleta de sonhos disse...

Que lindo, amiga!!

..:Éryka:.. disse...

Ana esse post esta maravilhoso, muito lindo mesmo, a esperança do amor que quem sabe um dia vai ser correspondido.

bem...er... eu nem sei como dizer, bem voce ja ssabe que sou a pessoa que mais muda a url do blog do mundo todo so que dessa vez é definitivo: http://fdoze.blogspot.com/
é esquisito mas achei melhor que oceano negro entende?

:*

litafigueiredo disse...

Que belíssima declaração de amor!
Um amor que nada pede, que nada exige, que nada vai fazer acabar...
Vive com a eterna esperança de um dia apenas poder tocar um alguém que há muito já tocou seu coração...
Lindo, minha filhinha!