terça-feira, 6 de janeiro de 2009

Fantasmas


Desfaço-me das máscaras,

Pra ti sem segredos, sem medos...

Entre pernas, teus braços, abraços...

Na mente fértil mil lembranças inexistentes

E quando olho para mim,

Vejo me pensando em ti...

Estranho desejo, estranhos delírios...

E é assim que vou te buscar...

Nos caminhos de meus sonhos...

Teu corpo, teu cheiro, teus beijos,

Como fogo que marca a pele

Teu fantasma invade o meu quarto,

Exala teu perfume,

E me diz... Será que estou louca?



Ana Paula Quitério

4 comentários:

Lucas Nietzel disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Renato disse...

Nooosssaaaa, adorei! Extremamente sensual...
Bem disse o Lukas, tu leva muito jeito para este genero.
Um bjão!!

Borboleta de sonhos disse...

Ficou lindo, ninha!!!
Lindo mesmo!!
beijos

Ana disse...

Lucas, Renato e Ju...
Obrigada... rs