quinta-feira, 6 de novembro de 2008

Medo


A tempestade que agora cai

Apagou os rastros que um dia deixei

Já não há como voltar

Dê me a tua mão

Estou com medo de seguir sozinha

Não deixe me aqui...

Não deixe me cair...

Essa noite parece não acabar

E essa vontade que não passa

Prolongando minhas noites nesse tormento

O medo constante de perder

Os olhos já umedecidos

E essa dor

Essa dor que parece arrancar me o fôlego

Rasgando a pele

Dilacerando a carne

Vai passar! Vai passar!

Os lábios rachados mostram a ferida que não cicatrizou...

E essa vontade de lançar me ao precipício

De embriagar me do mais mortífero veneno

Mas vai passar, sei que vai...

É somente mais um dia

Um dia...

10 comentários:

ρι disse...

Profundo Ana, profundo e real! Dá pra sentir msm os sentimentos dele!

Marco Túlio disse...

oi Ana, aqui é o Marco do perfil no site:"eu autor"... vi que vc tinha blog e vim conferir, muito bom, to adorando ler aqui.. e essa última imagem por si só já diz muito mesmo! Valeu,abraço
Se quiser dê uma olhada no meu blog, fica à vontade viu: http://essenciacontemporanea.blogspot.com/

^.^ Éryka ^.^ disse...

muito lindo o q vc escreveu!
vou add vc na lista dos meus blogs favoritos tá?

ahhhhh já ia eskecendo...

depois dá uma passada no meu blog tbm tá?e fike á vontade

http://lylyfadinha.blogspot.com/

Lucas Nietzel disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Ana disse...

Emmanuel fico feliz que esteja sempre por aqui e que tenha gostado do poema...
^^

Beijos

Ana disse...

Marco claro que me lembro de ti...

E pode ter certeza que passarei no seu blog...

Essa imagem me encantou na verdade, acho linda...

É bom te-lo aqui tambem...

Beijos

Ana disse...

Ola Éryka

Nunca tinha lhe visto por aqui, entao seja bem vinda...
Obrigada pelo elogio, e com muito prazer visitarei seu blog...

Beijos

Ana disse...

Meu anjinho lindo!!!

Sem palavras pra ti...
Obrigada por estar sempre comigo!!!

litafigueiredo disse...

Sofro por perceber teu sofrimento e alegro-me por ver o teu talento aflorando cada dia mais e mais...
Parabéns, filhinha!
Tenho muito orgulho de ti!!!

Ana disse...

Nossa maezinha obrigada... te amo muito viu...